quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Autora do Mês de Setembro


LUÍSA DUCLAS SOARES  nasceu em Lisboa a 20 de julho de 1939. É licenciada em Filologia Germânica pela Universidade Clássica de Lisboa. Iniciou a sua atividade profissional como tradutora, consultora literária e jornalista, tendo sido diretora da revista de Divulgação culturalVida (1971-2).
Colaboradora de diversos jornais e revistas, estreou-se com um livro de poemas, Contrato, em 1970.
Foi Adjunta do Gabinete do Ministro da Educação (1976-8).
Trabalhou de 1979 a 2009 na Biblioteca Nacional onde iniciou a sua atividade realizando uma bibliografia da literatura para crianças em Portugal. Foi assessora principal desta instituição e responsável pela Área de Informação Bibliográfica. Aí organizou, no centenário de Andersen, uma exposição, acompanhada de catálogo, sobre Andersen em Portugal e diversas exposições.
Dedicada especialmente à literatura para crianças e jovens, em prosa bem como em poesia, publicou mais de uma centena de obras neste domínio.
Muitos dos seus poemas foram musicados (por Suzana Ralha, Daniel Completo, João Portugal, Óscar Ribeiro e outros compositores) tendo sido editados em diversos CD. Escreveu guiões televisivos sobre língua portuguesa para os mais jovens. É sócia fundadora do Instituto de Apoio à Criança.
Tem elaborado para o Instituto Português do Livro e das Bibliotecas e para o Ministério da Educação diversas publicações seletivas da literatura infantil nacional e internacional.
Junto de escolas e bibliotecas, desenvolve regularmente ações de incentivo à leitura. Participa frequentemente em colóquios e encontros, apresentando conferências e comunicações sobre a problemática relacionada com os jovens e a leitura e sobre literatura para os mais novos.(…)

Recebeu o Prémio Calouste Gulbenkian para o melhor livro do biénio 1984-5 por 6 Histórias de Encantar e foi galardoada com o Grande Prémio Calouste Gulbenkian pelo conjunto da sua obra em 1996. Em 2004, foi escolhida pela Secção Portuguesa do como candidata ao Prémio Hans Christian Andersen. Em 2009, a Sociedade Portuguesa de Autores distinguiu-a com a sua Medalha de Honra. 
(in, https://www.wook.pt/autor/luisa-ducla-soares/222)

terça-feira, 7 de junho de 2016

Concurso Concelhio "O Espantalho cria Elos"




O agrupamento de Escolas de Fragoso mais uma vez participou no Concurso de Espantalhos, promovido pelo Município de Barcelos. 


Parabéns ao jardim de Infância de Fragoso, à turma do 3.º F e à turma do 6.º C, pela honrosa participação e excelentes trabalhos!

Encontro com a escritora Beatriz Lamas de Oliveira


Dia 2 de junho,esteve com os alunos do 5.º e 6.º anos da EBI de Fragoso a Dr.ª Beatriz Lamas Oliveira, autora dos livros o "Sábio Mocho" e o "Clube das Efes", da coleção Vida Selvagem. 

Os livros desta coleção são dirigidos à faixa etária alvo dos 8 aos 12 anos. Destaca-se a importância que tem nesta Coleção o ligar a curiosidade e o interesse pela Leitura nos mais novos ao conhecimento científico. 
Salientamos ainda que as ilustrações com aguarelas são da autoria da escritora. 
Foram momentos muito interessantes e de aprendizagem para todos os presentes, em que a autora nos falou dos seus livros, da sua paixão pela Natureza, pelos animais e pela sua aldeia! 
Ficámos a saber ainda que, depois de “O Mocho Sábio” e “O Clube das Efes”, está para breve o terceiro livro, que nos fala da raposa!




quarta-feira, 1 de junho de 2016

1 de junho Dia Mundial da Criança

Hoje é Dia da Criança
Hoje é Dia da Criança
eu quero dar-te a Lua.
Mas há meninos sem nada
que dormem sós numa rua.

Hoje é Dia da Criança,
na aula lês teus direitos.
Mas há meninos nas obras,
a mando de alguns sujeitos.
Hoje é Dia da Criança
saboreias chocolate.
Mas há meninos raptados
que sonham com o resgate.
Hoje é Dia da Criança
em todo o Planeta Terra.
Mas há meninos que morrem
em combates, numa guerra.
Hoje é Dia da Criança,
tu brincas, cantas, sorris.
Um dia, cada criança
como tu será feliz.
Luísa Ducla Soares -in O Livro das Datas

segunda-feira, 30 de maio de 2016

Encontro com a escritora Beatriz Lamas

 Dia 2 de junho, a escritora Beatriz Lamas estará na Biblioteca da EBI de Fragoso para apresentar o seu livro O Clube das Efes aos alunos do 5.º e 6.º ano. Este é o 2.º livro da coleção Vida Selvagem e liga a curiosidade e o interesse pela leitura nos mais novos, ao conhecimento científico.
Com o Clube das Efes, os alunos podem aprofundar os seus conhecimentos sobre de ambiente, ecossistema, habitat …

Autora e Ilustradora
Beatriz lamas Oliveira
Prefácio: Prof. Tiago A. Marques 

A história desenrola-se na região Entre Douro e Minho, numa aldeia escondida de olhares estranhos. A ação decorre entre as férias do natal e o fim de abril, com o recomeço das aulas.
Neste lugar pitoresco vivem a escritora, amiga do Avô Raposo e do neto Filipe, protagonistas da história. Aqui convivem com outros habitantes da aldeia. Seres humanos e animais selvagens vivem em harmonia com a natureza.
Neste segundo volume da Coleção Vida Selvagem, participam na história as doninhas, os mamíferos carnívoros mais pequenos que vivem em Portugal.

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Encontro com o escritor António Mota

Dia 16 de maio, pelas 10h00, os alunos do 1.º ciclo do Agrupamento de Escolas de Fragoso deslocam-se ao Auditório da Câmara Municipal para uma sessão com o escritor António Mota.
Durante a sessão, António Mota irá partilhar com os nossos alunos pontos de vista e impressões sobre as personagens e enredos dos seus livros que fazem parte do Plano Nacional de Leitura.


António Mota
António Mota nasceu em Vilarelho, Ovil, concelho de Baião, em 16 de julho de 1957.  Em 2001, recebeu o Grande Prémio Gulbenkian para Crianças e Jovens, na modalidade de livro ilustrado, com ilustrações de André Letria.  Os seus livros estão antologiados em volumes de ensino do Português e tem obras traduzidas em Espanha e Alemanha. Em 2008, foi agraciado com a Ordem da Instrução Pública. Foi professor do Ensino Básico. Publicou o seu primeiro livro,  A Aldeia das Flores, em 1979. Com a obra O Rapaz de Louredo (1983) ganhou um prémio da Associação Portuguesa de Escritores. Em 1990, recebeu o Prémio Gulbenkian de Literatura para Crianças e Jovens pelo seu romance Pedro Alecrim.  Em 1996, ganhou o Prémio António Botto com A Casa das Bengalas. Em 2003, a obra O Sonho de Mariana ganhou o Prémio Nacional de Ilustração, com ilustrações de Danuta Wojciechowska. Esta obra foi escolhida pela Associação de Professores de Português  e Associação de Profissionais de Educação de Infância para o projeto O Meu Brinquedo é um Livro.
Colaborou com vários jornais e participou em diversas ações organizadas por Bibliotecas e Escolas Superiores de Educação.
Fonte: http://redebibliotecas.cm-barcelos.pt/antnio-mota-em-barcelos 

sexta-feira, 22 de abril de 2016

CONCURSO NACIONAL DE LEITURA 2016 – FASE DISTRITAL



No dia 22 de abril, os alunos vencedores da 1ª fase do Concurso Nacional de Leitura, realizada a nível da escola, deslocaram-se a Barcelos para participar na 2ª fase do concurso, fase distrital, acompanhados pela professora Clara Neiva, bibliotecária, e pelo professor José Reis.
Assim, o David Oliveira Rodrigues (7.ºB), a Marisa Faria Viana (8.ºA) e a Violeta Pinheiro de Sá (9.ºB), participaram nesta final distrital, realizada no Auditório Municipal de Barcelos. Depois de um momento de magia, enquanto os corretores corrigiam as provas, e do almoço, gentilmente oferecido pela Câmara Municipal de Barcelos, os seis apurados para a finalíssima subiram ao palco do auditório, onde foram testados em vários domínios, daí saindo o vencedor distrital (para além de um elemento suplente, o 2,º classificado), que representará o nosso distrito na fase nacional, que terá lugar em Lisboa.
Os nossos alunos não ficaram apurados para a finalíssima, mas foram dignos representantes da nossa escola, tendo oportunidade de partilhar experiências com colegas de todo o distrito e familiarizar-se com este tipo de concursos.
Parabéns aos nossos três representantes! Esta experiência despertará certamente a vontade de continuar a participar e de continuar a ler!